• Ivan Mendes

INSS prorroga adiantamento de BPC e auxílio-doença

Atualizado: 3 de Jul de 2020

O governo havia autorizado três parcelas de adiantamento para quem está aguardando pelo benefício. Com o novo decreto será possível adiantar até seis parcelas.



QUEM ESTÁ NA FILA DO AUXÍLIO DOENÇA OU DO BENEFÍCIO DE PRESTAÇÃO CONTINUADA, O BPC, GANHOU UM NOVO PRAZO PARA RECEBER A ANTECIPAÇÃO DO BENEFÍCIO.

A MEDIDA FOI AUTORIZADA EM ABRIL PELO INSS DEVIDO À PANDEMIA DA CONVID-19.

ESTAVAM AUTORIZADAS ATÉ TRÊS PARCELAS DE ANTECIPAÇÃO. PORÉM, COM O NOVO DECRETO, PODERÃO SER ANTECIPADAS ATÉ SEIS PRESTAÇÕES. O PRAZO FINAL ACABA EM 31 DE OUTUBRO.

A PRORROGAÇÃO ESTÁ RELACIONADA COM O NÃO FUNCIONAMENTO DAS AGENCIAS DO INSS DURANTE A PANDEMIA.

QUEM AGUARDA POR UM AUXÍLIO DOENÇA PODE PEDIR A ANTECIPAÇÃO DE ATÉ MIL E 45 REAIS POR PARCELA.

JÁ IDOSOS E DEFICIENTES QUE AGUARDAM A CONCESSÃO DO BPC PODE ANTECIPAR 600 REAIS POR PARCELA.

EM AMBOS OS CASOS, OS VALORES SERÃO DESCONTADOS QUANDO A APOSENTADORIA FOR CONCEDIDA.

AS AGÊNCIAS DO INSS VÃO PERMANECER FECHADAS ATÉ O DIA 13 DE JULHO.

DE ACORDO COM O GOVERNO, A VOLTA DO ATENDIMENTO DA PREVIDÊNCIA SERÁ GRADUAL, MAS SE OS CASOS DA COVID-19 NO PAÍS CONTINUAREM SUBINDO, O INSS PODE PRORROGAR O PERÍODO DE FECHAMENTO DOS POSTOS DE ATENDIMENTO PRESENCIAL.

A ANTECIPAÇÃO DO BENEFÍCIO PODE SER FEITA PELO TELEFONE 135 OU PELO SITE E APLICATIVO DE CELULAR MEU INSS.

1 visualização0 comentário